Uma Última Vez

Eu estava perdida e você sabia disso. Então você prometeu uma saída e disse que tudo seria diferente, mas nada é como era antes não é mesmo? Preciso ficar sozinho, você me disse. E eu fiquei sem entender enquanto tudo mudou em um piscar de olhos. Tentei mesmo achar uma explicação razoável e não consegui nada além de mais um monte de perguntas. Você me chama de dramática e põe a culpa no meu coração maluco. Isso pode até ser verdade, mas não me arrependo de nada. Vou te dar quanto espaço quiser, vou repetir quantas vezes fossem necessárias que você pode contar comigo mesmo você não querendo. Mas se durante esse tempo você quiser ir embora por qualquer motivo que seja, por favor. Só me deixe te abraçar uma última vez. Me deixe te sentir de novo perto de mim, me deixe perceber o que fiz de errado. Ou o motivo de ter me afeiçoado tanto a você. Não vá embora sem dizer nada, me deixando sozinha com minhas perguntas. 
Se este é o fim, se realmente acabou pra mim e pra nós me deixe te abraçar uma última vez. Estou dilacerada enquanto penso nos momentos em que só demos risadas.  Deixe-me encostar na tua pele, olha pra você e tentar compreender. Só isso que te peço. Eu talvez nem saiba mais o que dizer. As palavras se esgotaram. Eu não queria que acabasse dessa maneira, não queria que nada disso acontecesse. Se você tivesse ao menos tentado de verdade sei que as coisas teriam sido bem melhores. Você sabe que eu posso dizer adeus e deixar tudo pra trás. Posso me convencer que isso tudo foi apenas um momento, algo que já passou. Não quero fazer isso, não sem entender o que acontece o que foi que realmente fez tudo isso se transformar em algo que não reconheço mais. 

Toda vez que olho para as minhas mãos, estou segurando os pedaços quebrados do meu coração procurando um meio de cola-los novamente. Estou mal me aguentando enquanto ainda analiso cada pedacinho das lembranças a procura de alguma pista. Um momento em sua companhia era tudo que me bastava pra me manter sã. Agora, estou completamente fora de mim. Te dando espaço mas me perguntando o que aconteceu. Longe enquanto é possível, longe enquanto meu coração ainda aguentar. Só não sei se posso voltar depois, só não sei se consigo estar aqui de volta. Só não sei o que vou sentir depois. Uma última vez quero te abraçar e por um momento esquecer de tudo. Esquecer disso, Esquecer do mundo.
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Eu realmente amei o seu post, vou acompanhar o blog com frequência.
    Teu texto gerou uma identificação incrível, lembrei de uma situação bastante forte que passei.
    Se você curtir um conteúdo relacionado a feminices, comportamento e principalmente protagonismo feminino, da uma passada no meu cantinho, é o Peripécias Casuais: https://www.peripeciascasuais.com/

    Beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.