Eu assisti: IT A COISA

Filme: IT/ A Coisa
Lançamento:Setembro de 2017
Gênero: Terror, Suspense
Duração: 2 horas e 17 minutos
Distribuidora: Warner Bros
Nota: 5 de 5

Vocês acharam que eu não ia falar de IT? Até parece. O filme que era um dos longas mais esperados do ano tem arrancado críticas pra lá de boas das pessoas que assistiram e se tornou o filme de terror mais visto de estreia no Brasil. É ou não é um sucesso? Bom, não preciso dizer aqui que esse filme é baseado em um livro de mesmo nome do autor Stephen King publicado aqui no Brasil pela Suma de Letras. Antes de ter essa versão adaptada para o cinema, IT tinha ganhado uma versão para vídeo com mais de 2 horas em 1990. Esse especial apesar de ter sido bem elogiado foi muito limitado já que os recursos de produção, direção e efeitos especiais não eram tão avançados e bons como o de hoje. Então, foi uma ótima ideia terem feito uma versão pra cinema pra 2017 e de uma forma diferente. Mas antes vamos falar do enredo. Uma cidade no Maine chamada Derry tem um número grande de desaparecimentos e a taxa é ainda pior com crianças. Quando o irmão de Bill, Georgie acaba desaparecendo e todos presumem que ele está morto. Enquanto os desaparecimentos continuam, um grupo de crianças entitulado " Clube dos Perdedores" acaba se tornando mais forte e todos parecem ser aterrorizados por um palhaço aterrorizante e medonho. O grupo então percebe que o palhaço Pennywise é o responsável pelos desaparecimentos e tentam acabar juntos com essa ameaça a sua cidade. Mas como acabar com uma coisa que sabe exatamente do que você tem medo? 

Eu não consegui dar menos que 5 estrelinhas pra esse filme pelo simples fato de não ter nada pra falar dele em aspecto negativo.  Desde que os trailer foram lançados eu estava ansiosa para saber como a adaptação ia rolar, já que eu já tinha assistido ao telefilme dos 90 e até curtido. Neste filme, a diferença é que eles focam somente na infância das crianças. No telefilme de 90 assim como no livro, ele explora os acontecimentos quando eles eram crianças e ao mesmo tempo quando eles já estão adultos usando de flashback muitos momentos para reforçar o que se quer passar. O diretor soube muito bem conduzir o ritmo do filme mesclando gêneros de uma forma bem inteligente e deixando o longa na medida certa de cada coisinha. Terror não tão explícito, Suspense beirando a aflição, Amizade pra se identificar com os personagens e cenas de comédia leves que te fazem dar uma pequena risada e aliviam no momento certo a tensão que o mesmo consegue espalhar pelo ar. IT tem um ritmo bom, as coisas acontecem no tempo certo e na velocidade certa. O time de atores crianças são excelentes e muito bem escolhidos. Eles não deixam a desejar. Os elementos mais famosos e principais do telefilme de 90 foram mantidos e mesmo com a nova proposta de nesse filme apenas focar na fase criança dos personagens o diretor conseguiu criar um longa interessante e que cumpre bem o papel que quer desempenhar. É claro que IT não é aquele tipo de terror que estamos acostumados, com cenas bruscas, cheio de sustos e gritaria. 

O filme mescla tudo de uma forma leve e moderada sabendo passar pelos gêneros durante as cenas trazendo um misto de aflição e tensão ao mesmo tempo. Um grande destaque é sem dúvidas Bill Skasgard que está por trás do palhaço assustador. A incorporação do ator na pele do palhaço é impressionante. É preciso apenas que a câmera focalize seu rosto e aquela expressão aterrorizante e diabólica surge no rosto de Pennywise e ai você chega a arrepiar. O palhaço causa um desconforto, causa uma tensão e com certeza se encaixa muito com a atmosfera construída dentro do filme. Mistura tudo que é necessário e sabe muito bem o que fazer com tudo isso. Flui de uma maneira bacana, é bem produzido e dirigido. Recomendo de olhos fechados mesmo se você for daquele tipo que não curte palhaços. O clima de amizade entre os amigos também comove e traz identificação com o público. O foco do longa vai direto para o medo específico de cada criança e que a criatura pode se transformar em qualquer coisa para te atacar e te paralisar se alimentado desse medo. É um filme muito bacana e um dos melhores desse ano. Vale muito a pena.

Um grupo de sete adolescentes de Derry, uma cidade no Maine, formam o auto-intitulado "Losers Club" - o clube dos perdedores. A pacata rotina da cidade é abalada quando crianças começam a desaparecer e tudo o que pode ser encontrado delas são partes de seus corpos. Logo, os integrantes do "Losers Club" acabam ficando face a face com o responsável pelos crimes: o palhaço Pennywise.

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Eu tô em um misto de sensações. Quero ver o filme porque se todo mundo falta tão bem ele deve ser bom mas ao mesmo tempo não quero ver porque nossa, esse palhaço é muito assustador. Sério, eu me assusto só com os gifs imagina com o filme, hahah
    Ótimo post, beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha mas assiste..o filme não é tão terror assim ele pega mais pro lado do suspense e aflição..admito que a atuação do ator na pele do palhaço é de arrepiar...vale muito a pena <3 obrigada pelo comentário

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.