Encaixe Perfeito

Estou aqui com uma bebida na mão enquanto observo as pessoas nessa pista. Não sei bem o que estou fazendo, mas só quero distrair minha cabeça. Meus amigos se dispersaram, levo o copo a boca e bebida desce pela minha garganta. Quero esquecer dos problemas que tem acabado com a minha mente pelo menos por essa noite. Droga, não achei que seria tão complicado. A música que está tocando é minha preferida mas não sou muito de dançar, prefiro apenas ficar observando. Então, não sei o que exatamente me faz prestar atenção nela, mas meus olhos acabam notando-a ali na pista. Não sei quanto tempo ela está ali. Tento olhar para outro lado, mas meus olhos não querem perder nenhum movimento dela. Ela é tão magnífica. Seus movimentos são perfeitos e sensuais. Os braços ao redor dela parecem querer se libertar de algo, ela fecha os olhos e parece não estar nem um pouco ligando para quem está olhando ela dançar.


Cara, ela é linda demais. Mas não é somente linda fisicamente. Tem alguma coisa nela que vai além disso. O jeito que ela se movimenta, o jeito que ela está sorrindo, como se dançar ali fosse a coisa mais libertadora do mundo. Reparo que não sou somente eu que estou admirando-a. Vários caras a observam como se a comessem com os olhos. Fico pensando em quanto tempo vai levar para que um deles chegue nela e me desespero se isso acontecer. O vestido colado, o cabelo sobre os ombros, ela passa a mãos sobre os cabelos e sabe que está esbanjando charme. Sabe que tem o controle sobre tudo. Afinal ela é perfeita. Normalmente não fico ligado em uma garota assim tão depressa, mas ela é diferente. Essa garota de cabelos dourados e olhos castanhos tem algo. Eu continuo a observando fixamente ainda mais próximo, quando de repente ela abre os olhos e me vê. Olhando diretamente pra mim, aqueles olhos castanhos me encaram.

Eu sei que só consigo sorrir, e peço internamente para que ela se aproxime. Ela sorri de volta, e continua me encarando como se pedisse para que eu me aproximasse. Não posso evitar, como se fosse algo automático, saio apressadamente ao seu encontro e a pego pela cintura. Seu corpo está quente e eu já estou ansioso demais para me conter. Ela era ainda mais encantadora de perto. Nossos corpos estão perto, e embalam como se encaixassem perfeitamente há muito tempo. Garota, você é uma perdição. A única coisa que me impede de sentir tua pele é esse pouco  pedaço de roupa. Não sei realmente o que está acontecendo, mas só consigo sentir o cheiro da tua nuca, passar o dedo sobre o teu braço, e dançar esta noite contigo. Sei que peço que esta noite não acabe.
A atração é tão intensa que me deixa cego, louco e doida pra te levar pra algum lugar, jogá-la na parede e faze-la perder a noção do tempo. Sei que ela merece mais do que uma simples pegação, mas as sensações estão em nível máximo e elas não podem baixar. Eu só posso sentir seu corpo, sua respiração, seu cheiro, sua pele.  Nesse embalo, nessa música , você está me deixando completamente viciado. Se eu te perguntasse agora, será que você poderia ser minha?

 Eu queria que você fosse minha e de mais ninguém, você diria que sim? Por favor, diga que sim. Porque se isso der certo, quero poder levar isso pra frente. Eu passo a mão no seu rosto, e sei bem o que quero fazer. Quero beijar esses lábios pelo maior tempo possível. Exploro cada detalhe de você como se tivesse com fome do seu beijo, e nunca saciasse essa fome. É como se tivesse esperado demais e não pudesse conter. Estou  passando a mão pelo seu cabelo, apertando sua nuca, seja minha garota. Porque eu quero que seja meu encaixe perfeito.


Leia a versão feminina desse conto aqui

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.