Filme: Naomy & Ely e a Lista do Não Beijo

Filme: Naomy & Ely e a Lista do Não Beijo
Título Original: Naomi & Elys No Kiss List
Gênero: Comédia, Romance
Duração: 1 hora e 29 minutos
Baseado no livro de mesmo nome dos autores Rachel Cohn e David Leithman.
Nota: 2 de 5

Esse filme tinha tudo pra parecer uma boa indicação porém me decepcionei bastante com o desenvolvimento do mesmo. Até assistir o mesmo não sabia que o filme era baseado em um livro que eu já até tinha ouvido falar por ai. Posso começar dizendo que esperava MUITO, MUITO mais de tudo. Não sei como é o desenvolvimento do livro e nem se o filme foi seguido a risca pelo livro porém a história deixou muito a desejar. Mas calma, vou explicar tudo isso. O enredo do filme obviamente foca em Naomi e Ely que desde sempre foram melhores amigos. Eles saem, fazem tudo juntos e dividem segredos.  Com o intuito de preservar essa amizade os dois criaram uma lista de garotos, que ambos acham atraentes e que nenhum dos dois não pode ficar nem estar de olho. Essa lista até que funciona bem até acontecimentos mudarem sua amizade. 

O primeiro ponto fraco do filme foi Naomi nutrir um sentimento além de amizade por Ely que é obviamente é gay e não tem nenhuma atração por mulheres. Sinceramente, não conseguia compreender porque a menina gostava dele desse jeito sabendo que ele nunca olharia pra ela daquela forma. Segundo ponto falho, Naomi é destacada como linda, desejável e atraente rodeada de caras que querem ficar com ela e ela ainda sim nutre algo pelo amigo gay que ela sabe que é assim desde que se conhecem? Ficou muito sem sentido isso. Terceiro ponto, ela namora( quer dizer meio que não namora, fica mas enfim) um cara que nem ao menos gosta direito e quando seu melhor amigo acaba acidentalmente ficando com esse cara que descobre gostar de homens (what?) ela fica brava, muito brava e a amizade dos dois se abala. Quer dizer que a amizade dos dois é colocada a prova por um carinha que ela nem gosta. Tudo bem que sendo melhor amigo dela e por terem um acordo isso seria uma grande sacanagem mas mesmo assim os elementos, colocados dentro do desenvolvimento do filme não ficaram legai o que fez com que o mesmo se tornasse bobo e um pouquinho sem sentido em muitas ações dos personagens. Eu já disse por aqui que gosto muito do trabalho da Victoria Justice o que é super verdade, mas o filme deixou MUITO a desejar. O final até que é aceitával já que os dois se entendem e percebem coisas que eram muito óbvias desde o começo. Esse é um daqueles que se pega pra assistir em uma tarde de tédio e mesmo assim fica muito sem compreender alguns desenrolamentos da história. Naomi e Ely não tem nada demais e o filme fica bem abaixo da média. Se você está procurando algo super interessante, esse filme talvez não vá atender suas expectativas. Se você quer algo pra passar o tempo, pode ser uma boa opção. Se liga que tem a participação da Monique Coleman que fez HSM no filme.


Naomi e Ely sempre foram melhores amigos. Eles saem, se divertem e passam o tempo todo juntos, mas um romance nunca entre eles acontece por uma razão óbvia: Ely é gay. A dupla decide estabelecer uma "no kiss list", ou seja, a lista de homens que nenhum dos dois podem beijar, para não estragarem a amizade. O sistema funciona bem, até o dia em que Naomi e Ely se apaixonam pelo mesmo rapaz.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Voando Sozinha | Cybelle Santos © Todos os direitos reservados.